As Runas

Atualizado: 24 de Jan de 2019

As runas eram mais que caracteres de escrita (alfabeto) eram também uma forma de divindade e poder. De acordo com a lenda nórdica, as runas foram adequiridas por Odin através de grande sacrifício - ele enforcou-se num dos ramos da Yggdrasil (a árvore que concecta os diversos mundos/dimensões e o destino), prefurou-se a si próprio com a sua lança e chamou pelo poder e sabedoria das runas durante 9 dias e 9 noites até que acabou por o obter.

As runas devem ser cravadas (e não desenhadas), eram consideradas mágicas e fortemente ligadas ao destino. De acordo com a lenda não se deve cravar runas sem propósito, diz-se que o uso indevido das runas leva à miséria e loucura.


Como já devem ter notado, usamos uma runa no nosso logotipo. Esta pertence a uma variante mais recente do antigo futhark (alfabeto) - quando os vikings se estableceram onde hoje é a Escócia e a Irlanda, surgiu um novo abcedário rúnico (Runas Anglo-Saxónicas).



Esta é a runa que nós usamos: "Kalk" que significa "calice".

0
drakkardesign.png
  • Facebook Social Icon
  • Instagram